Gerador Nitromagnético

Há algumas semanas atrás recebi em meu e-mail o contato de Marco Antonio Clemente, o inventor do mecanismo “Gerador Nitromagnético”.

Marco vem trabalhando há algum tempo no processo de desenvolvimento de um sistema que possa gerar energia a partir dos conceitos da Física Eletromagnética. Recentemente conseguiu concluir sua invenção e patenteá-la.

A vantagem do uso do equipamento, segundo o inventor, é a capacidade de geração de energia elétrica barata, não poluente, 24 horas ao dia, sendo possível o funcionamento em qualquer região, mesmo nos grandes centros urbano.

[photopress:invencao.jpg,full,centered]

O funcionamento do Gerador Nitromagnetico baseia-se na geração de energia elétrica a partir de movimento mecânico provocado pela repulsão de dois ou mais imãs em oposição e que estão inicialmente bloqueados através de uma blindagem magnética móvel sustentada a supercondutores.

  • Supercondutores são elementos metálicos que são capazes de conduzir electricidade sem qualquer resistência, desde que a uma baixa temperatura (aproximadamente -250 0C, dependendo de elemento para elemento). [1]

Atualmente Marco Antonio busca parcerias para o desenvolvimento e comercialização de seu produto. Para saber mais sobre a invenção e sobre como ajudar na difusão dessa nova tecnologia, acesse o site

www.geradornitromagnetico.com.br

Lá estão postados arquivos explicativos sobre a invenção e também vídeos como esse abaixo, uma apresentação do projeto:


3 Comments
  1. Antonio Pedro

    Que bobajada.
    O “inventor” desperdiçou dinheiro pra registrar essa coisa no INPI.
    Em vez disso, deveria ter comprado um livro de física, e estudado a introdução de termodinâmica.
    Teria aprendido que não existe “almoço grátis”, isto é, moto-contínuos não funcionam.(e o “invento” é um moto-contínuo).

  2. Henrique

    É verdade, o invento é um moto-contínuo.
    Você injeta nitrogênio líquido, e o “gerador” devolve trabalho mecânico além de esquentar o nitrogênio. Portanto, o “gerador” gera energia (mecânica e calorífica) do nada.
    Qualquer estudante de física ou engenharia, por exemplo, já saberia que este mecanismo é impossível, e que não tem a menor chance de funcionar.

  3. Paulo Capra

    Continue tentando, pois há indicativos que possa ser exequivel a geração de energia através de fontes não convencionais, e sem custo.
    Entretanto esqueça esta estória de patentes, pois isto entra em choque com a idéia da energia livre.
    Vamos preparar-nos para viver num mundo em que as pessoas tenham consciência de que isto chamado invenção não existe.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*
*