Arquivos da Categoria ‘Geral’

Mais sobre o Com8s

Postado por João Paulo Em 1 de March de 2010

Nova tecnologia brasileira traz avanços para o segmento educacional

Professores e alunos localizados em qualquer lugar, debatendo assuntos de interesse comum, compartilhando conteúdos e formando grupos de estudos a qualquer momento, em tempo real. Já imaginou? Um jeito mais moderno de aprimorar e intensificar a relação entre estudantes e docentes, através da Internet, já é possível e traz consigo uma das ferramentas educacionais do futuro.

Chegou o Com8s: uma rede colaborativa que reúne diversos aplicativos web em um único lugar. O nome, tão amigável e inovador quanto a sua proposta, é um trocadilho com a palavra inglesa “comates”, que significa colegas. Apesar do estrangeirismo, a novidade tem criação 100% brasileira e sua estreia vem acompanhada pelas versões em espanhol e inglês.

O conceito do produto foi criado por professores e sócios, cuja empresa tem sede em Curitiba – que, através de estudos e vivências pessoais no meio acadêmico, identificaram uma oportunidade no desenvolvimento de soluções específicas para a área de educação. Segundo estatísticas do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (INEP), existem hoje, no Brasil, 731 mil professores de ensino médio e superior, bem como 13 milhões de alunos, aproximadamente. A nova ferramenta, disponibilizada gratuitamente pela internet, objetiva o aperfeiçoamento da comunicação entre estes educadores e estudantes, de maneira simples e prática, mesmo quando não estiverem presentes em sala de aula.

[photopress:com8s.jpg,full,centered]No http://com8s.com, os usuários possuem dois ambientes: um individual, chamado I-space, que permite armazenar informações e dados pessoais, e outro compartilhado, o Co-space, onde é possível convidar outros colegas, formar grupos, intercambiar conteúdos e editar informações em tempo real. Desta forma, tanto o professor que utilizar este aplicativo, quanto seus alunos, poderão usufruir de inúmeras facilidades, como: promover discussões em grupo sobre um determinado assunto, realizar tarefas e avaliações, criar pesquisas, enquetes e formulários personalizados, fazer download e <uploadde arquivos e compartilhá-los, receber e gerenciar mensagens e notícias e, ainda, comunicar-se através de áudio e vídeo conferência.

Segundo o professor e administrador Alfredo Kugeratski Souza, que também é um dos sócios e responsáveis pela criação do produto, “o Com8s vai gerar grandes avanços na educação do país, ao otimizar a interação entre professores e alunos sem que haja necessidade de gastos com licenças, manutenção, instalação e atualização de softwares”. Ele também admite que, apesar de muitas universidades e faculdades já possuírem seus próprios métodos de comunicação interna, a implementação e manutenção destas técnicas possui um alto investimento, e comenta que, ao utilizar o Com8s, por ser produzido na metodologia SaaS (software as a service<), reduz significativamente os custos para essas instituições.

A novidade é, sem dúvidas, um salto ambicioso no âmbito tecnológico e educacional brasileiro. É a democratização do acesso aos melhores produtos e serviços web. Um progresso desenvolvido por brasileiros que desejam contribuir com a evolução da sociedade e que, possivelmente, irão surpreender internautas do mundo inteiro.

Aqui o link da matéria publicada no principal jornal espanhol, El País: http://www.elpais.com/articulo/sociedad/Herramientas/colaboracion/educ ativa/elpepusoc/20100210elpepusoc_6/Tes

Texto e imagens recebidas via e-mail por

Renata de Tullio Monteiro

Comunicação – Foresee Solutions

(41) 3029-7881 / (41) 9612-3125

Nova tecnologia brasileira traz avanços para o segmento educacional

Professores e alunos localizados em qualquer lugar, debatendo assuntos de interesse comum, compartilhando conteúdos e formando grupos de estudos a qualquer momento, em tempo real. Já imaginou? Um jeito mais moderno de aprimorar e intensificar a relação entre estudantes e docentes, através da Internet, já é possível e traz consigo uma das ferramentas educacionais do futuro.

Chegou o Com8s: uma rede colaborativa que reúne diversos aplicativos web em um único lugar. O nome, tão amigável e inovador quanto a sua proposta, é um trocadilho com a palavra inglesa “comates”, que significa colegas. Apesar do estrangeirismo, a novidade tem criação 100% brasileira e sua estreia vem acompanhada pelas versões em espanhol e inglês.

O conceito do produto foi criado por professores e sócios, cuja empresa tem sede em Curitiba – que, através de estudos e vivências pessoais no meio acadêmico, identificaram uma oportunidade no desenvolvimento de soluções específicas para a área de educação. Segundo estatísticas do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (INEP), existem hoje, no Brasil, 731 mil professores de ensino médio e superior, bem como 13 milhões de alunos, aproximadamente. A nova ferramenta, disponibilizada gratuitamente pela internet, objetiva o aperfeiçoamento da comunicação entre estes educadores e estudantes, de maneira simples e prática, mesmo quando não estiverem presentes em sala de aula.

No http://com8s.com, os usuários possuem dois ambientes: um individual, chamado <I-space, que permite armazenar informações e dados pessoais, e outro compartilhado, o Co-space, onde é possível convidar outros colegas, formar grupos, intercambiar conteúdos e editar informações em tempo real. Desta forma, tanto o professor que utilizar este aplicativo, quanto seus alunos, poderão usufruir de inúmeras facilidades, como: promover discussões em grupo sobre um determinado assunto, realizar tarefas e avaliações, criar pesquisas, enquetes e formulários personalizados, fazer download e <uploadde arquivos e compartilhá-los, receber e gerenciar mensagens e notícias e, ainda, comunicar-se através de áudio e vídeo conferência.

Segundo o professor e administrador Alfredo Kugeratski Souza, que também é um dos sócios e responsáveis pela criação do produto, “o Com8s vai gerar grandes avanços na educação do país, ao otimizar a interação entre professores e alunos sem que haja necessidade de gastos com licenças, manutenção, instalação e atualização de softwares”. Ele também admite que, apesar de muitas universidades e faculdades já possuírem seus próprios métodos de comunicação interna, a implementação e manutenção destas técnicas possui um alto investimento, e comenta que, ao utilizar o Com8s, por ser produzido na metodologia SaaS (software as a service), reduz significativamente os custos para essas instituições.

A novidade é, sem dúvidas, um salto ambicioso no âmbito tecnológico e educacional brasileiro. É a democratização do acesso aos melhores produtos e serviços web. Um progresso desenvolvido por brasileiros que desejam contribuir com a evolução da sociedade e que, possivelmente, irão surpreender internautas do mundo inteiro.

Mercado de trabalho C&T

Postado por João Paulo Em 28 de February de 2010

Está em busca de emprego na área de Ciência e Tecnologia ou está buscando profissionais da área para sua empresa?

Seja qual for seu objetivo, o canal Mercado do site Prossiga é uma iniciativa do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT). O site tem um banco de dados de profissionais e empresas na área de C&T disponíveis. Ideal para quem quer arranjar emprego no ramo ou mesmo contratar.

Veja o texto disponível no site:

“O Mercado de Trabalho em C&T é serviço de cadastro nacional sobre oferta e procura de emprego qualificado, em nível universitário.

A base de dados de mercado de trabalho tem como objetivo estimular a utilização, no setor de Ciência e Tecnologia, de recursos humanos especializados, facilitando sobremaneira a integração de docentes, pesquisadores, gestores, consultores e técnicos de nível superior e médio ao mercado de trabalho.

Além disso, pretende contribuir para a divulgação de oportunidades de trabalho oferecidas por Instituições de Ensino Superior, Instituto de Pesquisa, Institutos Tecnológicos e órgãos similares. O serviço oferece ainda informações sobre profissionais sem vínculo empregatício que procuram oportunidades de trabalho.

As oportunidades de trabalho são cadastradas por instituições parceiras do Prossiga, bem como pela equipe técnica do programa.”

Gostou? Então acesse o canal Mercado no site do Prossiga:

http://prossigas.ibict.br/mercado/


Memória da Ciência

Postado por João Paulo Em 28 de February de 2010

O Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT) disponibiliza uma página muito interessante em seu portal. Titulada de “Canal Ciência”, a página expõe assuntos muito interessantes sobre a área. O grande destaque é o “MEMÓRIA DA CIÊNCIA”

Ao acessar o site http://www.canalciencia.ibict.br/memoria/index.php você verá um banner com o título “memória da ciência”. Ao clicar nele, você é redirecionado para um arquivo memorial de áudio para ouvir em Real Audio ou baixar em MP3. Um acervo histórico de programas de rádio da SBPC contendo entrevistas com grandes nomes da Ciência.

“Ouça pela primeira vez na Internet as entrevistas do acervo histórico dos programas de rádio TOME CIÊNCIA e ENCONTRO COM A CIÊNCIA, produzidos entre 1984 e 1989 pelo convênio SBPC / RádioUSP / Rádio Cultura / CNPq. Personalidades da comunidade cientifica brasileira, como Milton Santos, Paulo Emílio Vanzolini, Aziz Ab’Saber, Rogério Cerqueira Leite, José Goldemberg e muitos outros, compõem este acervo de mais de 800 entrevistas, que recentemente foram resgatadas pelo Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia do Ministério da Ciência e Tecnologia-IBICT/MCT e digitalizadas em parceria com a Biblioteca Virtual do Estudante Brasileiro da Escola do Futuro da USP-BibVirt. “

Prêmio Conexão Cultura

Postado por João Paulo Em 28 de February de 2010

Prêmio Conexão Cultura

A Fundação Padre Anchieta – TV Cultura – Está com um projeto inovador. O Prêmio Conexão Cultura é destinado a pessoas que tiveram suas vidas profissionais ou pessoais totalmente modificadas com o auxílio de tecnologia principalmente das lan-houses. O prêmio também é destinado aos administradores de lan-houses que tiverem uma bela história e apoio social.

No site do projeto, há o anúncio:

“FAÇA A DIFERENÇA: O Prêmio Conexão Cultura quer conhecer o seu valor! Conte para a gente sua história de como lan houses ou telecentros modificaram sua vida pessoal ou profissional. E se você é monitor ou administrador de telecentro ou é dono lan house, conte as ações que ajudaram a melhorar o seu negócio, a vida dos clientes ou até mesmo da vizinhança.”

Então vá lá, participe!

Para se inscrever, é fácil… Basta acessar o site http://www.conexaocultura.org.br/premio/ e se inscrever, mas abra o olho, as inscrições vão até 1 de março!

Estudantes de ensino médio participam de evento internacional de pesquisa

Postado por João Paulo Em 28 de February de 2010

Desde 15 de fevereiro, mais de 6 mil estudantes de ensino médio de todo o mundo têm tido acesso ao ambiente de pesquisa sobre partículas elementares e suas interações, no programa “MasterClass: Trabalhando com a Física de Altas Energias”.

A iniciativa vai até o dia 5 de março. Estudantes paulistas do ensino médio têm o seu dia de atividades nesta quarta-feira (24/02), no Instituto de Física Teórica da Unesp, câmpus da Barra Funda. Participam estudantes e professores do Colégio Dante Alighieri, da Escola Vera Cruz, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFSP) e da Escola Nossa Senhora das Graças.

Por meio de videoconferência, os estudantes se juntam aos seus colegas de Mons, na Bélgica; Estrasburgo, na França; Atenas, na Grécia; Bergen, na Noruega; e Vila Real, em Portugal para aprender e discutir como se dá a pesquisa em Física de Altas Energias. Os professores do ensino médio participaram ontem (23/02) do Masterclass. O idioma utilizado na videoconferência é o inglês.

Os participantes trabalham lado a lado com cientistas de 90 universidades e institutos de pesquisa de 22 países para analisar dados de colisões de partículas elementares, produzidos no acelerador Large Electron Positron (LEP), do Centro Europeu de Pesquisa Nuclear (CERN), laboratório europeu situado em Genebra.

O programa “MasterClass: Trabalhando com a Física de Altas Energias” (em inglês, “Hands-on Particle Physics MasterClasses”) é organizado pelo EPPOG (European Particle Physics Outreach Group) e realizado pelo sexto ano consecutivo.

Apresentação do LHC

O MasterClass permite aos participantes que aprendam sobre o mundo das partículas subatômicas por meio de apresentações acessíveis a não especialistas, ministradas por cientistas envolvidos diretamente com a pesquisa nessa área. As palestras e exercícios deste ano dão uma visão panorâmica sobre o funcionamento do Grande Anel de Colisão de Hádrons (Large Hadron Collider – LHC), atualmente em operação no CERN.

Os estudantes trabalham com dados armazenados por experimentos de aceleradores de partículas do CERN. Examinam resultados experimentais de colisões entre elétrons e pósitrons, viajando próximos à velocidade da luz em um acelerador com 27 km de circunferência e usam programas de computador para analisar dados gravados por experimentos do Large Electron Positron (LEP), que operou durante a década de 90 e que agora dá lugar ao LHC. Por videoconferência, os estudantes comparam e discutem os resultados de suas análises com participantes de outros países, da mesma forma que físicos de Altas Energias fazem cotidianamente em suas colaborações internacionais.

“Físicos por um dia”

Os professores do ensino médio também tiveram a oportunidade de ser “um físico de partículas por um dia”: cientistas ao redor do mundo também organizam o Dia de Pesquisa do Professor. Assim, os professores assistem às palestras preparatórias e recebem material e sugestões para aulas futuras. Trabalham com dados reais de Física de Partículas e discutem formas de incorporar conceitos dessa área em suas aulas.

O programa MasterClass 2010 conta com a participação de instituições brasileiras pela terceira vez consecutiva. Tomam parte o Centro Regional de Análise de São Paulo (SPRACE), que envolve pesquisadores da Unesp e da UFABC (Universidade Federal do ABC), e o grupo de Física de Altas Energias da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj). Esses pesquisadores participam da pesquisa científica em Física de Altas Energias como membros da Colaboração CMS (Compact Muon Solenoid) do CERN.

No sábado (27/02), o MasterClass 2010 contará com estudantes do Rio de Janeiro, além de alunos e professores do projeto Casa da Física, da Universidade Federal do Amazonas (UFAM).

Sobre Mim

Ciência e Tecnologia: duas palavras que me encantam desde pequeno. A melhor coisa que tem é você fazer o que gosta, e hoje estou na Engenharia Mecânica, na Faculdade de Engenharia de Bauru, UNESP. Pesquisas científicas e desenvolvimento de projetos são meus objetivos. Abaixo, meu currículo Lattes:
http://lattes.cnpq.br/1198397415430883

Twitter

    Fotos

    imperial protocol droidThe force that through the green fuse drives the flowerFantaA Spaceship In The Museum Of Childhood - London.